Mineração Usiminas vai expandir Programa Pegadas da Serra em parceria com a Copasa

Publicado em

 

A Gerência-Geral de Sustentabilidade da Mineração Usiminas representantes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) para apresentar ao órgão a proposta de ampliação do projeto Pegadas da Serra. A iniciativa será executada em parceria com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) também representada no encontro.

O “Pegadas da Serra” é uma iniciativa desenvolvida pela Mineração Usiminas com foco no monitoramento da fauna da região da Serra Azul, nas áreas de preservação ambiental da empresa, em Itatiaiuçu. Agora, haverá expansão do projeto para o município de Rio Manso, onde será desenvolvido no Território da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) da Copasa. Além da ampliação, foi lançado o segundo ciclo do programa, para acompanhamento da tendência de mudança no estado de biodiversidade das localidades contempladas, através da espécie.  Com essa mudança, o “Pegadas da Serra” atinge outro patamar, voltando-se para um trabalho de pesquisa, inclusive comportamental, de grandes proporções.

A gerente-geral de Sustentabilidade da Mineração Usiminas, Marina Magalhães, conduziu a reunião, na segunda-feira (9), e apresentou a iniciativa. “Esse é um trabalho feito desde 2012 e que muito nos orgulha. Essa ampliação permitirá o aumento do nosso entendimento sobre as espécies e, consequentemente, nos munirá de informações para implementarmos ações com foco na conservação, contribuindo para a manutenção da biodiversidade, ou seja, da vida, na região”, afirmou.

A cidade de Rio Manso, escolhida para receber essa nova etapa do “Pegadas da Serra”, já recebe outras ações ambientais realizadas pela empresa. Na localidade conhecida como “Morro da Onça”, no município, a empresa já plantou mais de 161 mil mudas de árvores nativas, em uma área de 315 hectares. Esse processo contribui para formação de corredores ecológicos e, consequentemente, para a preservação dos recursos hídricos e das áreas de recarga hídrica do Manancial do Rio Manso, um dos principais responsáveis pelo abastecimento da Região Metropolitana.

Participaram da visita, representando o Ibama, o superintendente, Sergio Augusto Domingues; o chefe do Núcleo de Biodiversidade e Florestas, Júnio Augusto dos Santos Silva e o chefe da divisão técnica da Superintendência, Alan Gomes Carvalho. A Copasa foi representada pelo superintendente de Desenvolvimento Ambiental, Nelson Guimarães e pela analista socioambiental, Tereza Bernardes.

O Pegadas da Serra da Mineração Usiminas

O programa de monitoramento Pegadas da Serra acompanha o comportamento da fauna nativa. Hoje há quatro lobos-guará monitorados e já foram catalogadas 200 espécies de aves, 114 espécies de insetos, 39 espécies de anfíbios e répteis, 44 espécies de mamíferos. A iniciativa permite à empresa adotar ações para a preservação dos animais e hoje conta com a tecnologia de ponta, por meio de colares GPS. As informações são do Ibram.

Matérias Relacionadas

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

“Gente cuidando das águas” – projeto da Nexa é destaque em evento da ONU

O "Gente cuidando das águas" foi desenvolvido pela mineradora Nexa com apoio do Banco...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...