Após disparar sirene por engano, mineradora terá que pagar R$ 800 mil em MG

Publicado em

Devido ao toque acidental de sirene em uma barragem na região de Morro Agudo, em Paracatu, uma mineradora foi condenada a pagar R$ 800 mil em indenização para duas iniciativas sociais. O alarme fez com que os moradores evacuassem suas casas às pressas.

Segundo o Ministério Público, a ocorrência do caso ocorreu em julho de 2022, e a assinatura do acordo ocorreu em dezembro de 2023, envolvendo o Ministério Público de Defesa do Meio Ambiente de Paracatu e a Coordenadoria Regional de Meio Ambiente de Paracatu, Urucuia e Abaeté.

Dois projetos sociais vão ser indenizados por erro da sirene em mineradora

De acordo com as conclusões da agência, a mineradora assumiu vários compromissos. Esses compromissos incluem a entrega de relatório técnico, implementação de medidas necessárias para aprimorar o sistema de alerta e sirenes, e informar antecipadamente à população, ao município e à Defesa Civil sobre as datas e horários dos diversos procedimentos relacionados ao acionamento de sirenes, testes mensais e simulações externas.

A empresa deverá ainda custear projetos de meio ambiente em Paracatu São eles: “Muros invisíveis”, no valor de R$ 567 mil e “Caretada dos Amaros”, a R$ 254 mil.

A implantação de sistemas de alerta sonoro é um dos requisitos do Plano de Ação de Emergência (PAE) de barragem de mineração. No entanto, de acordo com o Ministério Público, a ocorrência de falsos alarmes compromete a credibilidade do sistema.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...