Mineração repete faturamento em 2023 e MG aparece com a maior participação

Publicado em

Em 2023, a indústria da mineração brasileira registrou receita estável em relação ao ano anterior, com leve queda de R$ 250 bilhões para R$ 248,2 bilhões, representando uma redução de 0,7%.

Neste dados, Minas Gerais manteve a posição de principal contribuinte, respondendo por 41,7% da receita total, que passou de R$ 100,5 bilhões em 2022 para R$ 103,6 bilhões.

Notavelmente, houve queda nas receitas geradas pelo minério de ferro e pelo ouro, com queda de 3,6% e 11,9% respectivamente, quando medidas em dólares. Por outro lado, cobre, calcário, granito e bauxita tiveram crescimento positivo nas receitas, com aumentos de 6,5%, 11%, 25,6% e 0,3% respectivamente.

Ibram divulgou dados da mineração no país

Na quarta-feira (31), o presidente, Raul Jungmann, divulgou os dados coletados pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM). Apesar da queda nos preços das commodities, a receita permaneceu estável, indicando uma perspectiva internacional positiva.

Um destaque entre os dados divulgados foi o aumento dos investimentos planejados pelas mineradoras no país. Entre 2023 e 2027, previa-se que fossem investidos US$ 50 bilhões; agora, entre 2024 e 2028, o valor poderá chegar a US$ 64,5 bilhões. O investimento enfatiza a sustentabilidade operacional.

Até 2028, a indústria mineira pretende aumentar em 62,7% o investimento em projetos sociais e ambientais. Representam a segunda maior parcela dos investimentos planeados no sector até 2028: 16,6%, ou 10,7 mil milhões de dólares, em comparação com 6,6 mil milhões de dólares esperados para 2023-2027.

Espera-se que o investimento em projetos de minério de ferro dê a maior contribuição, atingindo aproximadamente 17 mil milhões de dólares até 2028 (26,8% do investimento total na indústria). Também contribuirá com minerais essenciais para a transição energética.

Na avaliação do IBRAM, esses números pressagiam perspectivas positivas para o setor em 2024 e além. A nova política industrial anunciada a 22 de Janeiro considera a mineração como um sector estratégico para o país atingir os seus objetivos, apostando na transição energética, na descarbonização e no desenvolvimento tecnológico das indústrias nacionais.

Um dos principais riscos no desenvolvimento da indústria mineira é a carga fiscal. A indústria de mineração espera um aumento significativo na carga tributária do Brasil depois que alguns estados e municípios cobraram impostos sobre as atividades de mineração e votaram pela reforma do sistema tributário. O país impõe a maior carga tributária sobre vários minerais em comparação com países concorrentes no setor.

A pesquisa do IBRAM mostra que as exportações de minerais aumentarão 3,1% em 2023 em comparação com 2022, atingindo quase US$ 43 bilhões, enquanto as importações de minerais diminuirão 34,2% (US$ 11 bilhões). Como resultado, a balança comercial da indústria é de 31,95 mil milhões de dólares, 28,3% superior à de 2022, o que significa que a balança mineral equivale a 32% da balança comercial total em 2023.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...