Exame toxicológico para motoristas nas categorias C, D e E tem novo prazo para regularização até 30 de abril

Publicado em

Os motoristas portadores de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) das categorias C, D e E que ainda não realizaram exame toxicológico, ou cujo teste expirou e perderam o prazo de 28 de dezembro de 2023, terão mais uma oportunidade de regularizar sua situação.

A Comissão Nacional de Transportes (Contran) publicou o novo prazo para cumprimento da decisão nesta sexta-feira (26) no Diário Oficial da União.

Para os condutores cuja licença expirou entre janeiro e junho, o prazo é 31 de março de 2024; para os condutores cuja licença expirou entre julho e dezembro, o prazo prescrito é 30 de abril.

Saiba mais sobre o Exame toxicológico

O exame toxicológico é uma decisão exigida pela legislação de trânsito brasileira para identificar o uso de substâncias psicoativas que possam prejudicar a capacidade de dirigir e causar acidentes.

Por exemplo, motoristas de ônibus e caminhões das classes C, D e E com menos de 70 anos deverão realizar teste para emissão e renovação da CNH, além da renovação a cada dois anos e seis meses.

A análise é feita por laboratório credenciado pela Secretaria Nacional de Transportes (Senatran) a partir de amostras de cabelos, pelos ou unhas, e o resultado leva aproximadamente 15 dias para ser divulgado.

Atualmente, no site do Senatran, existe uma rede de 17 laboratórios certificados que podem realizar o exame. O custo é pago pela empresa que emprega o motorista, ou pelo próprio motorista, se for trabalhador independente.

Para verificar se você precisa de exame toxicológico, o Ministério dos Transportes recomenda a consulta do aplicativo Cartão Digital de Transporte (CDT), que exige cadastro ou login pela conta gov.br.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...