Empregos formais em MG chegam à marca de 140 mil em 2023

Publicado em

 

Segundo dados divulgados pelo Ministério do Trabalho, Minas Gerais registrou um ganho líquido de 140.836 empregos formais em 2023. Isso foi resultado da contratação de 2.587.613 trabalhadores e da demissão de 2.446.777 no período determinado, conforme informa o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) na terça-feira (30).

Com apenas São Paulo (390.719) e Rio de Janeiro (160.570) à frente, o estado teve o terceiro maior saldo positivo de empregos formais.

Ainda segundo dados do Caged, no mês de dezembro do ano passado, Minas computou saldo negativo de 46.510 empregos, com 162.415 admissões e 208.925 desligamentos. No entanto, em relação a dezembro de 2022, estado gerou 1.818 postos de trabalho a mais.

Minas gerais segue como o segundo estado com maior estoque de empregos (4.612.058) do país, atrás somente de São Paulo (13.478.842). Os números de vagas de emprego representa a quantidade de pessoas com carteira assinada, empregada tanto no setor público quanto no privado.

Setores que mais abriram vagas de empregos formais em 2023

Numa análise setorial ao longo de 2023, os cinco grandes grupamentos econômicos registraram desempenho positivo em Minas. Serviços liderou, com a geração de 87.544 novos postos, seguido por Comércio (23.446), Indústria (15.143), Construção (13.513) e Agropecuária (1.193).

Trabalhadores dos Serviços, Vendedores do Comércio em Lojas e Mercados são os que apresentaram maior saldo no acumulado de janeiro a dezembro, com 52.762 empregos gerados. Sobre o perfil dos empregados, houve um maior número de contratações para mulheres de 18 a 24 anos, com ensino médio completo.

O estado de Minas Gerais contribuiu para o número positivo do Brasil, com 1.483.598 empregos formais positivos em 2023. No acumulado do ano, foram registradas 23.257.812 internações hospitalares e 21.774.214 demissões.

O crescimento mais rápido do emprego formal também ocorreu no setor de serviços, onde foram criados 886.256 empregos. Seguem-se o comércio (276.528), a indústria (127.145) e a agricultura (34.762). O salário médio inicial é de R$ 2.037,94.

Diferentemente de Minas, a maioria das vagas criadas em 2023 no país foram preenchidas por homens (840.740). Mulheres ocuparam 642.892 novos postos. A faixa etária com maior saldo foi a de 18 a 24 anos, com 1.158.532 postos.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...