Crescimento do PIB mineiro em 2,6% nos últimos 12 meses gera otimismo ao Governo de Minas

Publicado em

 

O Governo de Minas celebrou o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de Minas Gerais no terceiro trimestre, divulgado nesta quarta-feira (20) pela Fundação João Pinheiro (FJP). O PIB deste ano fechou em R$ 257,8 bilhões, número que representa um crescimento real de 2,6% em relação ao resultado obtido em 2022 (R$ 249,9 bilhões).

De acordo com o levantamento, considerando a média dos três primeiros trimestres de 2023, o desempenho também foi positivo, com o PIB real da economia estadual 3,2% acima do registrado para o mesmo período em 2022. Na média dos últimos 12 meses de referência do estudo (outubro de 2022 a setembro de 2023), O PIB expandiu 2,6% em relação à média dos 12 meses anteriores (outubro de 2021 a setembro de 2022).

“Uma economia pujante é fundamental para que possamos ofertar melhores condições de vida para a população. O crescimento do PIB estadual ao longo deste ano é fruto de um trabalho intenso do Governo de Minas e dos mineiros, que juntos fazem a economia acontecer. Esse avanço nos conduz rumo ao progresso”, diz o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando Passalio.

Composição do PIB

O resultado do PIB mineiro registrado entre julho e setembro deste ano foi composto pelo valor adicionado das atividades da agricultura, pecuária e produção florestal (R$ 13,8 bilhões), das indústrias (R$ 75,0 bilhões) e dos serviços (R$ 141,6 bilhões), além dos impostos indiretos sobre produtos líquidos de subsídios, que adicionaram R$ 27,4 bilhões aos preços pagos pelos consumidores.

Energia e saneamento

Nas atividades de geração e distribuição de eletricidade, gás, água e saneamento, houve expansão de 2,4% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado e de 0,5% na comparação com o trimestre imediatamente anterior.

A geração de eletricidade no território de Minas Gerais (em GWh) apresentou expansão de 2,1% na comparação com o mesmo trimestre em 2022 e permaneceu praticamente inalterada na comparação com o trimestre imediatamente anterior.

“O ano de 2023 foi muito bom, de uma maneira geral, para o setor de geração de eletricidade, com a recuperação do volume útil dos reservatórios, mas a gente teve uma ligeira queda no volume útil que afetou o resultado do 3º trimestre”, explica o pesquisador da Coordenação de Contas Regionais da FJP, Thiago Almeida.

No período avaliado, a expansão do volume de vendas no comércio de hipermercados, móveis e eletrodomésticos, farmacêuticos, equipamentos e materiais de informática e comunicação, de veículos e de material de construção mais do que compensou a retração nos segmentos do vestuário e de combustíveis.

No terceiro trimestre de 2023, as atividades de informação e comunicação apresentaram expansão no volume de serviços em Minas Gerais tanto na comparação com o trimestre imediatamente anterior quanto na interanual.

Distribuição por setores

O menor peso da soja e do milho, na agropecuária, na passagem do segundo para o terceiro trimestre de 2023 foi compensado pela entrada da cana-de-açúcar, enquanto, na produção agrícola, previsões de aumentos de 37,6% na terceira safra de feijão, de 31,4% na terceira safra de batata-inglesa e de 105,7% na safra de sorgo também contribuíram para o resultado agregado.

Na produção florestal, a demanda derivada da fabricação de produtos de papel e celulose foi reduzida e a da siderurgia permaneceu praticamente inalterada. Já nas indústrias de transformação, houve expansão da fabricação de produtos de alimentos, bebidas, fumo, de produtos de minerais não-metálicos, metalurgia e de produtos de metal (exceto máquinas e equipamentos) em comparação com o trimestre anterior. Mais dados sobre os resultados do PIB mineiro no link.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...