MG fecha novembro com 15,6% a mais de empresas abertas

Publicado em

No estado de Minas Gerais, o mês de novembro registou um notável aumento de empresas abertas, atingindo um total de 6.706, contra 5.799 registadas em novembro do ano anterior.

Este ano, o aumento registado de 15,6% é o quarto maior, atrás de Janeiro (que registou um aumento de 27,6% de 2022 a 2023), Março (com um aumento de 21,7%) e Outubro (que registou um aumento de 18,5%) .

Confira os dados da Jucemg sobre empresas abertas

Divulgado nesta quinta-feira (07), o relatório mensal de registros comerciais, disponibilizado pela Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg), contém os dados referentes a transações como aberturas, mudanças e encerramentos de empresas. Jucemg atua como autoridade que supervisiona essas operações.

Até o momento, neste ano, foram registrados 79.367 novos negócios em Minas Gerais, um aumento de 10,08% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 72.098 novos negócios.

Em relação aos fechamentos, foram baixados 3.646 registros em Minas em novembro deste ano, ante um total de 3.629 registros baixados no mesmo período de 2022, uma variação de 0,47%.

No acumulado do ano, o balanço mostra um total de 44.822 fechamentos de fábricas de janeiro a novembro, ante 42.441 nos mesmos 11 meses do ano passado. A variação é de 5,62%.

Conforme o relatório da Jucemg, todas as regiões de Minas Gerais apresentaram alta no volume de empresas constituídas em novembro deste ano em relação ao mês de novembro do ano passado.

Os maiores índices de empresas abertas foram verificados no Alto Paranaíba (38,18%); Triângulo (33,39%); Noroeste (19,83%); Jequitinhonha (16,95%) e Sul de Minas (16,76%). Em seguida, aparecem a Zona da Mata (13,53%); Central (12,43%); Centro-oeste (11,41%); Rio Doce (7,57%) e Norte de Minas (6,46%).

O balanço da Jucemg considera empresas abertas de qualquer porte, com exceção dos microempreendedores individuais (MEIs), cujo cadastro ocorre diretamente no Portal do Empreendedor do governo federal, sem passar pela comissão empresarial estadual.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...