Série Debaixo da Terra, Acima dos Padrões: Procedimentos Críticos de Segurança no Bloqueio Elétrico

Publicado em

 

A eletricidade, desde que foi introduzida na indústria, revolucionou muitos processos, incluindo as operações em minas. Embora seja um recurso indispensável, trabalhar com eletricidade requer uma série de precauções vitais para garantir a segurança no local de trabalho. O foco deste artigo é destacar os cuidados essenciais no bloqueio elétrico de equipamentos em minas, uma prática crucial antes de realizar qualquer manutenção. Este processo não é apenas uma medida de precaução, mas um procedimento obrigatório que salvaguarda a vida dos trabalhadores e a integridade dos equipamentos.

Antes de começar qualquer tarefa envolvendo eletricidade, é fundamental o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) adequados. Cada item, desde o capacete até as botas de borracha, tem um papel significativo em proteger o trabalhador dos riscos elétricos. Por exemplo, o capacete com isolamento específico para eletricidade, luvas e mangas para alta tensão, e botas de borracha são indispensáveis para garantir um isolamento eficaz do trabalhador em relação à eletricidade. Além disso, os uniformes devem ser feitos de tecidos especiais para proteger contra queimaduras, e os óculos de segurança completam esta lista de EPIs essenciais.

O treinamento da equipe é outro aspecto crucial. Todo trabalhador que lida com instalações elétricas deve passar por um treinamento específico, que não se limita apenas ao uso correto dos EPIs, mas também abrange o conhecimento detalhado dos procedimentos de bloqueio elétrico e de segurança. Antes de iniciar qualquer trabalho de manutenção, a equipe deve realizar uma avaliação prévia, estudar e planejar as atividades e ações a serem desenvolvidas no local. Este planejamento é fundamental para garantir que o trabalho ocorra de forma segura e sem imprevistos.

Dentro das empresas, uma boa prática é solicitar formalmente, com antecedência mínima de 24 horas, a autorização para manutenções preventivas. Isso permite que as ações sejam planejadas adequadamente. O primeiro passo no local de trabalho é desenergizar as instalações. Depois, o bloqueio é realizado para impedir a energização não autorizada ou acidental. Somente após a confirmação de que as instalações estão devidamente desenergizadas e bloqueadas, a equipe pode prosseguir com a manutenção necessária.

Durante o trabalho de bloqueio elétrico, o uso de cartões de bloqueio é uma prática comum. Estes cartões registram todo o procedimento de bloqueio e devem ser preenchidos com atenção, a caneta, de forma legível e sem rasuras. Eles devem conter informações detalhadas sobre o solicitante do bloqueio, o trabalhador responsável pelo bloqueio, e uma descrição dos equipamentos que devem ser desenergizados.

Bloqueio elétrico exige série de etapas

O processo de bloqueio elétrico é meticuloso e requer uma série de etapas que devem ser seguidas rigorosamente. Isso inclui a identificação do circuito alimentador do equipamento na subestação elétrica, o desligamento excepcional através do dispositivo de manobra existente, e a verificação da ausência de tensão. Além disso, é fundamental realizar o aterramento temporário e garantir que não existam elementos desprotegidos contra contato na zona controlada. Esta zona é a área ao redor do equipamento energizado onde apenas trabalhadores autorizados têm acesso, e sua extensão varia conforme a tensão elétrica do equipamento.

Após a conclusão da manutenção, começa o processo de reenergização. Este procedimento também é complexo e envolve várias etapas. Antes de reenergizar, é necessário retirar todas as ferramentas, utensílios, equipamentos e objetos estranhos da instalação e do equipamento que será reenergizado. Todos os trabalhadores não envolvidos no processo de reenergização devem ser afastados do local. Em seguida, o aterramento temporário e os utensílios de proteção contra contato são retirados, e as caixas de travamento são destravadas. Somente depois de todas essas etapas serem concluídas e verificadas é que o equipamento pode ser reenergizado.

Este artigo reforça a importância dos procedimentos de bloqueio e reenergização elétricos em minas. Estas práticas são essenciais para a segurança dos trabalhadores e devem ser seguidas rigorosamente. Embora o processo possa ser demorado, ele é crucial para garantir a segurança e evitar acidentes graves. A energia elétrica, enquanto indispensável para as operações da mina, exige um manuseio cuidadoso e procedimentos de segurança bem definidos para garantir que todos os trabalhadores voltem para casa seguros ao final de cada turno.

Rodrigo Oliver é Engenheiro de Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional, com consultorias prestadas para mais de 200 empresas na área de mineração; responsável técnico pelo software eSocial Brasil e pela rede de clinica médicas ocupacionais Pro Life, com atuação em Itabira, Barão de Cocais, Nova Lima, Itabirito, Mariana e Congonhas..
Rodrigo Oliver é Engenheiro de Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional, com consultorias prestadas para mais de 200 empresas na área de mineração; responsável técnico pelo software eSocial Brasil e pela rede de clinica médicas ocupacionais Pro Life, com atuação em Itabira, Barão de Cocais, Nova Lima, Itabirito, Mariana e Congonhas.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...