Em 2023, Itabira registra 845 casos de violência contra a mulher

Publicado em

Dados estatísticos sobre violência contra a mulher foram divulgados pela Polícia Civil de Itabira nesta terça-feira (12), mostraram que, agora em 2023, foram registrados 845 casos até novembro, cinco a menos que no ano anterior, quando foram registradas 850 denúncias.

A cidade continua sendo motivo de preocupação em relação ao número de incidentes relatados.

Em 2020 e 2021, houve um total de 1.914 casos de violência contra a mulher, com 952 incidentes ocorridos no ano mais recente. Embora tenha havido uma ligeira diminuição dos incidentes durante este período, a média diária de reclamações permanece elevada em 2,7.

Pardas e negras foram as maiores vítimas da violência contra a mulher na cidade

A população feminina de Itabira é estimada em 59.470 habitantes e a incidência de violência é de 14,20. Em termos práticos, isto significa que 14 em cada 1.000 mulheres sofrem algum tipo de violência doméstica.

A pesquisa revelou ainda que as mulheres pardas (433) e negras (165) foram as maiores vítimas da violência contra a mulher na cidade, sendo a grande maioria dos ataques perpetrados por ex-cônjuges ou ex-companheiros.

Abril e outubro de 2023 foram os meses mais violentos da cidade, com um total de 88 casos. A diferença é que as principais reclamações foram por ameaças, totalizando 258 ocorrências, seguidas de 189 casos de danos pessoais.

O principal autor continuou sendo o cônjuge ou companheiro, com 566 casos, seguido pelo ex-cônjuge ou ex-companheiro, com 458 casos. A violência física liderou a lista com 692 casos, seguida de perto pela violência psicológica com 600 casos.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...